sábado, 24 de novembro de 2018

LIVRO JERÔNIMO GOMBÉ E SANTO AMARO DE IPITANGA - Construção da Igreja de Santo Amaro de Ipitanga - Lauro de Freitas


Construção da Igreja de Santo Amaro de Ipitanga - Lauro de Freitas 


Os jesuítas construíram essa igreja de Santo Amaro no século XVII. Segundo padre João Abel esta foi inaugurada no Dia dos Santos Reis, a 6 de Janeiro de 1608 a qual completará ‘‘Quatrocentos anos no ano 2008’’. Desde 1628 já acontecia batizados. Santo Amaro passou 114 anos como capela. Em 1636 foi realizada a primeira missa aqui. Daí chega-nos a confirmação de alguns nativos que avós dos avós, contavam que moradores fundadores do local na época compondo-se de índios, escravos e portugueses ajudaram aos jesuítas na construção da igreja de Santo Amaro, carregando bacias de areia da praia, carregando pedras da praia e do Rio Ipitanga. Segundo antigos os jesuítas quando aqui chegaram fixaram morada num sitio, tendo deixado marcas vivas de sua passagem no qual pusera o nome de Sitio Amaro Santo.
Contam os antigos que o jesuítas construíram a igreja com a frente virada para a praça. Após realizada puseram a imagem de Santo Amaro no altar-mor de frente para a praça. Terminada a missa a igreja fechada, no dia seguinte que abriram a igreja encontraram a imagem de frente para o rio Ipitanga, local onde o santo apareceu. Esse fenômeno aconteceu mais de uma vez chegando os jesuítas a uma conclusão, fazer a frente da igreja para beira do rio. Afirmavam os antigos que naquele tempo existiu aqui um sobrado em frente à igreja, onde morava o Barão de Abrantes. Tais antigos ainda encontraram escombros do sobradinho. Local que depois de muitos anos passou a pertencer à Ana Noronha-Naninha. Quando criança Berenice Leite-Beré foi levada por mais velhos pra ver perto da praia o lugar de onde retiraram pedras para a construção da igreja. Em 1687 a carta foral da Irmandade do Santíssimo Sacramento, foi lavrada foreira no senado da Câmara da Bahia Poder Legislativo.

Teresinha da Gloria Oliveira Magalhães 

LIVRO JERÔNIMO GOMBÉ E SANTO AMARO DE IPITANGA - Santo Amaro de Ipitanga


Santo Amaro


Santo Amaro monge Beneditino, nascido no século VI da era cristã depois de cristo. Habitou em mosteiros, teve vida monástica. Teve grande desempenho pastoral na França e Itália no ano de 584. Foi pastor na igreja Católica Apostólica Romana. Morreu no século L da era cristã. Canonizado a séculos pelo Vaticano. Adotado por Jesuítas Beneditinos em 1578. Escolhido para nomear a primeira Freguesia do Litoral da Bahia. Seu manto é preto e dourado, esse era o hábito da ordem Beneditina da qual ele pertencia. Sua imagem trás na mão direita um cajado, na esquerda uma Bíblia. Muitos fiéis referem-se a Santo Amaro como ‘‘O Velho’’ costume herdado de Antepassados. Na fé cristã, fiéis fazem orações a Santo Amaro para curar dor de cabeça, rouquidão, reumatismo e paralisia. Padroeiro dos Carregadores e dos fabricantes de vela. Segundo o historiador Cid Teixeira, Santo Amaro chamava-se Santo Mauro, talvez por termo linguístico tornou-se Amaro, assim conhecido até hoje.


Aparição
                                                            
Aparições longínquas segundo ancestrais, que vem passando de gerações em gerações, que em tempos bem remotos algumas crianças tomando banho no Rio Ipitanga, Encontraram em meio à Tabatinga e pedras uma imagem grande em madeira, do velho monge Santo Amaro na beira do Rio, nos fundos da casa de hoje Maria do Carmo Leite. Á está Tabatinga branca os artigos davam o nome de Arrelique. As crianças acorreram á adultos para dizer-lhe a descoberta. Os poucos moradores foram ver a imagem. No início o Santo ficou numa casa, a novidade do aparecimento do antigos jesuítas, os quais andavam nas redondezas da Bahia e frequentavam Vila de Abrantes. Os jesuítas mandaram fazer uma réplica em tamanho natural. Quanto a imagem achada, enviaram-na ao Vaticano em Roma.

O Milagre


O local onde o Santo Amaro apareceu virou milagre. Os antigos daqui e de outras redondezas, faziam Romarias ao local levando água milagrosa para casa. Antigos contam que existia ‘‘O MILAGRE’’, local de onde escoava uma água límpida formando um poço, que perdurou por muitos anos. Mas um dia algumas moças desciam para o rio, pararam olhando para o poço, que perdurou por muitos anos. Mas um dia algumas moças desciam para o rio, pararam olhando para o poço todas contemplando-o De repente uma delas disse: essa água está tão cristalina! Que dá vontade de tomar banho! A água do rio era vermelha ferrugem, mas a do milagre era cristalina saída das pedras e Tabatinga à margem do rio. As outras moças bem depressa disseram-lhe: ninguém pode tomar banho aí! Esse é o lugar dos milagres! Mas a tal moça deu um mergulho no poço banhando-se a vontade. As outras ficaram de olhos arregalados sem acreditar no que viam. Quando a moça resolveu sair do poço a água ficou barrenta e nunca mas limpou; depois disso o poço secou e o local dos milagres acabou. Cândido do Carmo pai de Emídio do Carmo e de Plínio do Carmo moradores e donos de hoje é a Prefeitura velha, fez uma casa de farinha nos fundos desta, envarou cobriu com palhas depois pegaram Tabatinga do lugar que foi o milagre para taipar a mesma. Cândido e alguns homens taiparam-na, no dia seguinte a Tabatinga estava toda no chão, deixando Cândido e os amigos confusos. Daí Cândido resolveu taipar pela segunda vez, desta com o sol quente com a Tabatinga menos molhada, por algumas horas a Tabatinga ficou mas no dia seguinte de manhã, lá estava no chão. Com isso Cândido desistiu de usar aquela Tabatinga. Tapou-a com outro barro. A Tabatinga do milagre era de duas cores, no centro de onde a água escoava era branca e ao redor era amarela. Para alguns antigos o milagre era entre a casa de Maria do Carmo Leite e a casa de João Vigia e sua mulher Quixiu, no quintal. Depois de muitos anos João Vigia cercou o lugar onde foi o milagre, mas terceiros fez ele tirar a cerca.

Teresinha da Gloria Oliveira Magalhães

domingo, 29 de outubro de 2017

DIRETOR RESPONSÁVEL DO GRUPO CULTURAL BAMBOLÊ MESTRE ARTÊMIO DA LUZ É HOMENAGEADO COM SUA HISTÓRIA NO CALENDÁRIO 2017 EM LAURO DE FREITAS REALIZADO PELA ALALF



A Academia de Letras e Artes de Lauro de Freitas (ALALF) lançou o calendário oficial do ano de 2017 homenageando Mestres da Cultura Popular da cidade. 
O lançamento aconteceu na UNIME e a iniciativa da ALALF contou com a parceria da Escola Municipal 




sábado, 12 de agosto de 2017

"Mãe, cadê meu pai?", no dia dos pais jovens lidam com o ausência paterna.


Amanhã (13/08), domingo, será comemorado o dia dos pais, infelizmente algumas famílias, crianças, adolescentes e etc, não tem muito a comemorar, o índice de abandono parteno é muito alto em nosso país e está situação acarreta em outros problemas.

Considerado um "aborto verbal", a paternidade renegada em palavras e em ações da origem a uma geração de "filhos da mãe", que se torna mais exposta a violência e ao crime em função da desestrutura familiar. O Brasil tem 67 milhões de mães, segundo pesquisa do Instituto Data Popular. Dessas, 31% são solteiras e 46% trabalham. Com idade média de 47 anos, 55% das mães pertencem à classe média, 25% à classe alta e 20% são de classe baixa. Pouco mais de um terço dos filhos adultos (36%) ajudam financeiramente as progenitoras. O papel do pai para muitas delas ainda se estende a questão financeira, acha que é principalmente papel do homem trazer dinheiro para dentro de casa (55%) e que as tarefas domésticas são dever da mulher (60%). Entre as mais novas, 43% acreditam no papel do homem provedor e 48% veem a mulher como responsável pelo lar. Mas será que o papel do pai se estende apenas neste campo? 

As crianças que não convivem com o pai acabam tendo problemas de identificação sexual, dificuldades de reconhecer limites e de aprender regras de convivência social. Isso mostraria a dificuldade de internalização de um pai simbólico, capaz de representar a instância moral do indivíduo, tal falta pode se manifestar de diversas maneiras, entre elas uma maior propensão para desenvolvimento da delinqüência. A participação ativa do pai na criação fortalece o filho para a vida individual e social, além de promover segurança, autoestima, independência e estabilidade emocional. Segundo artigo de 2010, da Associação Americana de Psicologia, as memórias de uma relação calorosa com o pai durante a infância estão diretamente relacionadas com a capacidade para enfrentar o estresse do dia a dia. Como mostra essa investigação, o pai desempenha um papel fundamental na saúde mental dos seus filhos, e isso é visível na idade adulta. Os homens que relataram ter mantido uma boa relação com o pai durante a infância tendem a ser menos impulsivos na forma como reagem aos eventos estressantes do dia a dia do que aqueles que relataram relações mais pobres. 

É ausente todo pai que pouco ou nada contribui para a criação e educação dos filhos, que não participa dos momentos importantes, morando junto ou separado da família. Justificavelmente, devemos render aplausos a mães que fazem a dupla função de ser "pai e mãe", que tentam fechar a lacuna deixada pela ausência paterna. Para alguns, os dias do pais só não se torna doloroso pois tem o mãe que atua como "pai e mãe" ou tem uma figura masculina (que não é necessariamente do vínculo familiar) como pai. Amanhã uns comemoram e outros não, mas o fato é que em nossa cultura não preparamos nossos jovens para seres pais, enquanto este cenário não muda, teremos muitas crianças/jovens fazendo a seguinte pergunta: "Mãe, cadê meu pai?"


Redator: Yuri Teixeira
Foto: Internet

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Lauro de Freitas: Mobilidade avança com os trilhos do metrô


A cidade de Lauro de Freitas no ultimo dia 29 de Julho comemorou seus 55 anos de emancipação politica, um dos grandes presentes que a cidade obteve foi a chegada do metrô, anunciando pelo governador Rui Costa (PT) desde o ano passado.

A cidade que tem a quarta maior economia da Bahia, teve como um dos primeiros terminais de transporte, segundo informações do Mestre de Cultura Artêmio Luz, nas suas eximias recordações,  o João Expresso de Portão, que fazia o trajeto Portão x Calçada, hoje contamos com inúmeros trajetos, ofertados pelas empresas de ônibus atuantes no município, com o tempo de 1 hora a 1:30 minutos até a chegada no ponto final. Com a chegada do metrô, a população poderá à região do Iguatemi em menos de 25 minutos facilitando assim, a vida dos munícipes.


Segundo dados do Wikipedia, Lauro de Freitas conta com uma frota de veículos  de cerca de 85.000 mil automóveis, um dos motivo que exige uma  atuação de forma efetiva e  estratégica da equipe de agentes de trânsito da cidade. Com o conforto e segurança do sistema metroviário, algumas pessoas já cogitam larga os seus carros e usar o transporte público, coisa que ocorre em cidades de países desenvolvidos. Também será colocado a disposição da população ônibus com ar condicionado e wi-fi até o final do ano, como foi anunciado pelo governado Rui Costa na última segunda-feira (7), durante visita em viagem teste às novas estações do metrô de Salvador. “Já determinei que a Secretaria de Infraestrutura faça a licitação das linhas metropolitanas de Salvador para este semestre”, garantiu Rui. 

O tempo “economizado” com uma mobilidade urbana melhor, acarretar maior aproveitamento em horas de lazer com a família e amigos, desenvolvimento pessoal e profissional, maior tempo para prática de exercícios físicos e para dormir, gerando grande melhora na qualidade de vida. A busca pela mobilidade urbana de qualidade é uma luta árdua no Brasil, mas Lauro de Freitas já deu o primeiro passo. É a mobilidade de Lauro de Freitas avançando nos trilhos do metrô. 


Redator: Yuri Teixeira
Foto: Divulgação

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Educa7 Minutos: Audiovisual, Educação e Relações humanas


Desde o seu lançamento, que ocorreu no dia 11 de julho, a Mostra de Filmes Educa7 Minutos vem movimentando o cenário audiovisual e educacional da cidade, a etapa inicial de inscrições já abrangeu diversas escolas do município, estaduais, particulares e pontos de cultura. 

O projeto que tem como objetivo educar através do audiovisual chama atenção dos jovens por onde passa, principalmente daqueles que nunca tiveram a oportunidade de coisa alguma. Além de ser o projeto piloto na cidade, o Educa7 é um projeto humanitário; "a proposta não é que criemos grandes cineastas, atrizes, diretores e etc, é que estes jovens acenda o farol do conhecimento, que sua vontade determine o caminho que eles desejam seguir, e que nós possamos ajuda-los neste sentido, com capacidade técnica e com uma nova visão do mundo", afirma o coordenador do Educa7, Alexandre Sena.

O Bambolê, parceiro do Educa7, busca a possibilidade de está realizando um filme este ano, mas com a grande concorrência, isto é, aproximadamente 72 escolas concorrendo a 20 vagas, aumenta, e muito, a possibilidade. Os 20 selecionados terão oficinas de capacitação de forma gratuita nas seguintes categorias: Atuação (com o grupo 10Ocupados), Edição de vídeo, Roteiro, Fotografia e Cinematografia.

O audiovisual consegue desenvolver o aprendizado não só na sala de aula, e pode ser um diferencial na educação brasileira, principalmente nas periferias. Vale lembrar que ás inscrições estarão abertas até o dia 16 de Agosto, online e presencial. 

Inscrições online no link abaixo:
https://educa7minutos.blogspot.com.br/…/edital-completo-fic…



Redator: Yuri Teixeira
Fotos: Mostra de Filmes Educa7 Minutos

Salário mínimo passará a ser de R$ 979 em 2018; diferença é de R$ 42

O salário mínimo do ano de 2018 terá um aumento de 4,5%, chegando a R$ 979, contra os R$ 937 deste ano. O aumento foi aprovado na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), sancionada por Michel Temer. A LDO define as metas e prioridades do governo para o ano seguinte. A sanção deverá ser publicada no Diário Oficial da União nesta quarta-feira (9). Os vetos dados por Temer foram justificados por ele porque os itens iam de "contrariedade ao interesse público e inconstitucionalidade". Um dos vetos foi ao item que definia que o Executivo adotaria providências e medidas com o objetivo de reduzir os incentivos e benefícios de natureza tributária, financeira, creditícia ou patrimonial. Outro ponto foi a previsão de que projetos de lei e medidas provisórias relacionadas ao aumento de gastos com pessoal e encargos sociais não poderiam ser usados para reajustes salariais que fossem posteriores ao término do mandato presidencial. O texto da LDO manteve a meta fiscal proposta pelo governo, com um déficit primário de R$ 131,3 bilhões para o governo federal, estados, municípios e empresas estatais, dividindo R$ 129 bilhões para os orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União e R$ 3,5 bilhões para o Programa de Dispêndios Globais. O crescimento real da economia brasileira foi projetado para 2,5%, a taxa básica de juros (Selic) para 9%, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (INPC) de 4,5% no ano e o dólar chegando a R$ 3,40 no fim do ano.

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Veja como vai ficar o Sistema Viário Lauro de Freitas


Até o final do ano, os moradores de Lauro de Freitas poderão chegar à região do Iguatemi em menos de 25 minutos, utilizando a Linha 2 do metrô. Para que o sistema metroviário, que está sendo implantando pela CCR Metrô Bahia chegue ao município, seguindo até a Estação Aeroporto, é necessário adequar o sistema viário de acesso à cidade. 
As intervenções estão acontecendo na área entre o final da Av. Carybé e o trecho inicial da Avenida Santos Dumont (novo nome de parte da antiga Estrada do Coco), incluindo um redesenho das vias e a construção de viadutos e pontilhões. 
As obras tiveram início, com o alargamento das vias existentes, em ambos os sentidos, a partir do viaduto Dois de Julho (final da Av. Carybé), sem interferência no tráfego. A via permanente (trilhos) do Sistema Metroviário de Salvador e Lauro de Freitas será instalada em parte da atual pista no sentido Salvador e os alargamentos permitirão remanejar o fluxo de veículos para execução das etapas seguintes. A quantidade de faixas não será alterada.
Em breve, iniciará uma nova fase da obra, com as primeiras mudanças no trânsito local. A pista de ligação entre as avenidas do Bambuzal e Santos Dumont será alargada. É nessa área que será construído o terminal dos ônibus gratuitos que farão o transporte de passageiros entre o aeroporto e a estação do metrô de mesmo nome. O estacionamento de trens da Linha 2 será construído na região da Av. Dois de Julho. 
A Travessa Santos Dumont (conhecida como Rua das Locadoras) também ganhará nova ponte de acesso, melhorando a ligação entre as avenidas do Bambuzal e Santos Dumont. Esta melhoria será feita para adequar as dimensões e capacidade da estrutura. A ponte atual permanecerá aberta ao tráfego até que parte da nova ponte esteja liberada para veículos.
No sentido Lauro de Freitas, um pontilhão será construído dando acesso ao novo viaduto que passará por cima da via permanente do metrô, com término na altura da Cresauto. No total serão adicionados cerca de 700 metros de pista, mantendo as três faixas de rolamento do viário atual. No sentido Salvador, a pista será ajustada com a manutenção das três faixas atuais e criação do acesso ao Terminal Aeroporto, principal ponto de integração dos ônibus com o metrô na região. O conjunto de obras viárias deve ser concluído em seis meses.
Com 13.000 metros quadrados de área total, o terminal será interligado à futura Estação Aeroporto do metrô por meio de uma passarela, facilitando o deslocamento dos passageiros que poderão utilizar os dois meios de transporte pagando apenas uma passagem. O terminal terá capacidade para mais de 105 mil passageiros/dia e até 70 ônibus por hora.
A Estação Aeroporto está sendo construída na área entre o bambuzal, localizado no acesso ao Aeroporto Internacional Deputado Luís Eduardo Magalhães, e a Av. Santos Dumont. Com estrutura pré-moldada finalizada, em fase final de acabamento, a estação deve estar pronta para operação até o final do ano. 
Com capacidade de transportar até mil passageiros por trem e operar com intervalo entre trens de três minutos, o metrô fará o percurso entre as estações Aeroporto e Acesso Norte em 27 minutos. Ao desembarcar em Acesso Norte, o usuário pode pegar a Linha 1, sem custo adicional, chegando às estações Lapa ou Pirajá em cerca de oito minutos.


Fonte: SECOM BA

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

"Vamos comer Caetano, Vamos deglutir Caetano": Musico baiano completa 75 anos


Hoje, dia 07 de Agosto de 2017, o músico baiano, Caetano Emanuel Teles Veloso (Caetano Veloso), completa 75 anos, eu, Yuri Teixeira, não poderia deixar de falar sobre este dia, afinal, Caê (apelido carinho para os fãs mais apaixonados) criou um marco no meu mundo musical.

Até os meus 12 anos eu só conhecia dois estilos de músicais: o famoso brega, com Altemar Durtra, Angela Maria, Fernando Mendes, dentre outros; e o arrocha, como o inicio da carreira do cantor Silvano Sales, Nara Costa, Nira Guerreira e outros grandes nomes daquela época, isso em 2005. Certo dia, ao ir para a Escola, ouvir um violão com timbre totalmente diferente dos estilos musicas que eu tinha ouvido desde então, parei para ouvir, fiquei até o final da canção, onde o locutor da rádio ao qual passava a canção anunciou: "Sozinho, Caetano Veloso, música de Peninha". Pronto, desde aquele momento fiquei impressionado com a canção, voz, violão, tudo, o conjunto da obra me deixará apaixonado.

Durante todos os dias ao ir para a escola, eu tinha a esperança de ouvir novamente aquela canção, pois eu não tinha acesso a internet ou algum meio de ouvi-lo, em casa, era os dois estilos que citei acima. Tive a oportunidade de ouvi-lo novamente três anos depois, quando completei 15 anos e tive de presente um computador, cavei a internet e me afundei nos conteúdos de Caê. Logo de cara encontrei "A luz de Tieta", "Trilhos Urbanos", "Podres Poderes", "Genipapo Absoluto" e etc, daí então comecei amar a MPB e conhecer também, é claro.  Por isso neste dia tão marcante para mim e para a Musica Popular Brasileira, eu não poderia de dizer: Parabéns Caetano, um grande "abraçaço".

Agora que você já sabe como tive acesso a grande obra do grande Caetano Veloso, conheça um pouco da sua trajetória: 


Infância

Caetano Veloso nasceu em 7 de agosto de 1942 em Santo Amaro, na Bahia, como o quinto dos sete filhos de José Teles Velloso (1901-1983), o "Seu Zezinho", funcionário público da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, e Claudionor Viana Teles Velloso, mais conhecida como "Dona Canô" (1907-2012), casados em 7 de janeiro de 1931.
Desde pequeno, mostrou imenso interesse em arte e pintura. Em 1946, sua irmã mais nova nasceu. Veloso foi fundamental no momento da escolha de seu nome: o garoto de quatro anos de idade que adorava música brasileira, inspirado na valsa "Maria Bethânia" do compositor Capiba e sucesso na voz do cantor Nélson Gonçalves, assim escolheu o nome da irmã, Maria Bethânia. Ambos veriam sua trajetória artística se cruzar por diversos momentos e foram os dois filhos de Dona Canô que mais se destacaram no cenário nacional.
Dois acontecimentos principais o fizeram optar pela música. Aos dezesseis anos, sofreu um impacto que mudou definitivamente os seus planos de trabalhar no cinema: ouviu, num programa da Rádio Mayrink Veiga, a canção "Chega de Saudade" na voz de Marisa Gata Mansa e tomou conhecimento do disco homônimo de 1959 de João Gilberto. "Foi o marco mais nítido que uma canção já me deixou na vida", recordaria anos mais tarde. As maiores influências musicais desta época foram alguns cantores em voga na época, como "o rei do baião" Luís Gonzaga, e canções de maior apelo regional, como sambas de roda e pontos de candomblé. Em 1956, frequentou o auditório da Rádio Nacional, na cidade do Rio de Janeiro, que contava com apresentações dos maiores ídolos musicais brasileiros.

Início da carreira musica

Foi lançado no cenário musical nacional pela irmã, a já reconhecida cantora Maria Bethânia, que gravou uma canção de sua autoria no primeiro disco, "Sol negro", um dueto com Gal Costa (as duas foram as cantoras que mais gravaram músicas de sua autoria). Em 1965, lançou o primeiro compacto, com as canções "Cavaleiro" e "Samba em Paz", ambas de sua autoria, pela RCA, que posteriormente transformou-se em BMG (adquirida depois pela Sony Music), participando também do musical "Arena canta Bahia" (ao lado de Gal, Gil, Bethânia e Tom Zé), dirigido por Augusto Boal e apresentado no TBC (São Paulo). Teve músicas incluídas na trilha do curta-metragem "Viramundo", dirigido por Geraldo Sarno.
O primeiro LP gravado, em parceria com Gal Costa, foi Domingo (1967), produzido por Dori Caymmi, lançado pela gravadora Philips, que, posteriormente, transformou-se em Polygram (atualmente, Universal Music), que lançaria quase todos os seus discos. "Domingo" contou com uma sonoridade totalmente bossa-novista e a ele pertence o primeiro êxito popular da carreira, a canção "Coração vagabundo". Mesmo não tendo sido um estrondoso sucesso, garantiu um bom reconhecimento à dupla e foi muito aclamado pelo meio musical da época, como Elis ReginaWanda Sá, o próprio Dori Caymmi e Edu Lobo, marcando a estreia de ambos nessa gravadora, a convite do então diretor artístico João Araújo. A canção "Um dia", do repertório deste disco, recebeu o prêmio de melhor letra no II Festival de Música Popular Brasileira da TV Record.

Tropicalismo

Nesse mesmo ano, foi lançado seu primeiro LP individual, Caetano Veloso, que trouxe canções como "No dia em que vim-me embora", "Tropicália", "Soy loco por ti América", "Superbacana" e a canção Alegria, Alegria - também lançada em compacto simples - que, ao som das guitarras elétricas do grupo argentino Beat Boys, enlouqueceu o terceiro Festival de Música Popular Brasileira (TV Record, outubro de 1967), juntamente com Gilberto Gil, que interpretou Domingo no Parque, classificadas respectivamente em quarto e segundo lugar. Era o início do Tropicalismo, movimento este que representou uma grande efervescência na música popular brasileira.
Este marco foi realizado pelo lançamento do álbum Tropicalia ou Panis et Circencis (julho de 1968), disco coletivo que contou com as participações de outros nomes consagrados do movimento, como Nara LeãoOs MutantesTorquato NetoRogério DupratCapinamTom ZéGilberto Gil e Gal. Ficou associada a este contexto a canção "É Proibido Proibir", da sua autoria (mesmo compacto que incluía a canção Torno a repetir, de domínio público), que ocasionou um dos muitos episódios antológicos da eliminatória do 3º Festival Internacional da Canção (TV Globo), no Teatro da Universidade Católica (São Paulo, 15 de setembro de 1968). Vestido com roupa de plástico, acompanhado pelas guitarras distorcidas d'Os Mutantes, ele lança de improviso um histórico discurso contra a plateia e o júri. "Vocês não estão entendendo nada!", gritou. A canção foi desclassificada, mas também foi lançada em compacto simples. Em novembro, Gal defendeu sua canção "Divino maravilhoso", parceria sua com Gil, no mesmo musical onde participou defendendo a canção "Queremos guerra" (de Jorge Benjor). Caetano lançou um compacto duplo que continha a gravação do samba "A voz do morto" que foi censurado, com isso o LP foi recolhido das lojas.
O ímpeto tropicalista logo se viu sintonizado com a criação artística que fervilhava em outras linguagens. "Eu tinha escrito 'Tropicália' havia pouco tempo quando O Rei da Vela[texto de Oswald de Andrade, encenado por José Celso Martinez Corrêa] estreou. Assistir a essa peça representou para mim a revelação de que havia de fato um movimento acontecendo no Brasil. Um movimento que transcendia o âmbito da música popular", lembra o artista.
Naturalmente, o movimento não tardaria a abraçar também a esfera do comportamento. Caetano Veloso e Jorge Mautner foram os primeiros andróginos da música popular brasileira. Em seu primeiro show na volta ao Brasil, em 1972, Caetano encarava o público de brincos de argolas, tamancos, batom e tomara-que-caia. Caetano Veloso foi a maior referência para o artista Ney Matogrosso — que, mais tarde, estrearia no grupo Secos & Molhados.

Redator: Yuri Teixeira
Fontes: Wikipedia e Folha de S. Paulo
Foto: Internet

domingo, 30 de julho de 2017

Bambolê nos 55 anos de emancipação de Lauro de Freitas


Mais uma vez o Bambolê faz parte dos participantes que desfilam no cortejo da festa de emancipação de Lauro de Freitas, desta vez, com a cidade completando 55 anos de emancipada.









Até chegar o dia do desfile, o grupo, comandando pelo mestre de cultura popular Artêmio Luz, trabalhou duro para que tudo fosse lindo e organizado. Professores e alunos fizeram um verdadeiro plantão na Escola Municipal Vila Praiana, dividindo ás funções entre ensaios de dança e teatro e composição do figurino.

O Bambolê já participou de mais de 100 desfiles em toda área metropolitana, entre eles, Camaçari e Simões Filho, mas desfilar na sua cidade tem um sentimento único, é você está valorizando o que é seu, cuidando, e desfilando com alegria e entusiasmo, é uma maneira de dizer o quanto você ama sua cidade. Desde a fundação do grupo, que foi em 15 de fevereiro de 2000 o grupo participa deste momento ímpar da cidade, este ano, com um número de 56 jovens, divididos em duas das alas, dança e perna de pau, o grupo mostra sua vontade em colaborar com a cultura local, além da educação artística dos nossos jovens, afinal, o grupo conta com um número de 150 componentes, desenvolvendo atividades de: Dança, Teatro, Arte Circense e resgate da cultura popular.


Afirma, o fundador do grupo e mestre de cultura popular Artêmio Luz: “Precisamos fomentar a valorização cultural de nossa cidade, unidos, pois assim somos fortes, Lauro é uma cidade linda, onde ferve a cultura, a arte, a educação, e seu povo a ama com todo coração, representando todo o grupo, eu digo em claro e alto som: parabéns cidade!”


Redator: Yuri Teixeira
Fotos: Divulgação

GRUPO BAMBOLÊ NO DESFILE DE EMANCIPAÇÃO 2017 EM LAURO DE FREITAS

GRUPO BAMBOLÊ BALANÇO NO DESFILE DE EMANCIPAÇÃO 2017 EM LAURO DE FREITAS

terça-feira, 18 de julho de 2017

Lauro de Freitas recebe Mutirão de Cirurgias em agosto de 2017



Uma parceria entre a Prefeitura de Lauro de Freitas e o Governo do Estado vai permitir a realização de 500 cirurgias no mês de agosto, nos seguintes procedimentos: vesícula, hérnia, útero e miomas. Realizado pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), o Mutirão de Cirurgias será iniciado com as pré-consultas para triagem entre os dias 2 e 4 de agosto, das 7h até o último paciente, em unidades móveis estacionadas em frente ao Restaurante Popular. As cirurgias serão realizadas no Hospital Municipal Jorge Novis, a partir do dia 9. 
Para a prefeita Moema Gramacho, além de reduzir em muito a fila de cirurgias no município nesses procedimentos, o Mutirão vai marcar a reabertura do Hospital Municipal, fechado na gestão passada. “Esse é o primeiro mutirão de muitos que pretendemos fazer com várias outras especialidades”.
Serão atendidos pacientes com indicação médica para a cirurgia, com cadastro na Secretaria Municipal de Saúde ou que tenham exames laboratoriais que comprovem a necessidade da cirurgia. Para a pré-consulta o paciente deve levar seus documentos e exames laboratoriais já realizados. Quem vai se submeter ao exame de USG exigido para a cirurgia de vesícula, deve estar em jejum. As pacientes que farão cirurgia de histerectomia devem levar exame preventivo.

LF 14/07/2017
ASCOM prefeitura de Lauro de Freitas
71 3288 8371

sábado, 15 de julho de 2017

Governo apresenta projeto de lei que reduz floresta na Amazônia

por Giovana Girardi | Estadão Conteúdo
Pouco menos de um mês após o presidente Michel Temer (PMDB) vetar a polêmica Medida Provisória 756, que reduzia a Floresta Nacional de Jamanxim, no Pará - e uma semana depois de oito viaturas do Ibama terem sido queimadas na BR-163, próximo à região -, o governo cedeu à pressão de ruralistas e enviou na noite desta quinta-feira, 13, ao Congresso, um projeto de lei propondo uma diminuição da proteção da floresta. O novo texto prevê uma mudança nos limites da Flona, levando a uma redução de 349.046 hectares. Essa área será transformada em Área de Proteção Ambiental (APA), o nível menos restritivo de unidade de conservação. A floresta passa a ter 953.613 ha. É um corte menor que o proposto pela MP, de 486 mil hectares, mas maior do que dizia o texto original da MP, feito pelo governo, que falava em 304 mil hectares. Por meio de nota, o Ministério do Meio Ambiente disse que o objetivo é resolver conflitos decorrentes desde a criação da flona, em 2006. A justificativa também é citada no PL: "A área onde se localiza a Floresta Nacional do Jamanxim tem sido palco de recorrentes conflitos fundiários e de atividades ilegais de extração de madeira e de garimpo associados a grilagem de terra e a ausência de regramento ambiental. Com reflexos na escalada da criminalidade e da violência contra agentes públicos, sendo necessária a implantação de políticas de governo adequadas para enfrentar essas questões". De fato, quando a flona foi delimitada, havia gente morando lá dentro que deveria ou ter sido indenizada ou ter tido sua propriedade retirada dos limites da unidade. De lá para cá a situação só piorou e Jamanxim é a unidade de conservação onde mais cresceu a taxa de desmatamento. Cálculos originais do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), que balizaram o texto original da MP, porém, sugeriam que uma redução de 35 mil hectares seria o suficiente para resolver esse conflito. Para ambientalistas, a área dez vezes maior vai regularizar grileiros que chegaram ali depois da criação da Flona. Na nota à imprensa, o ministério diz que o projeto de lei "faz parte de um conjunto de ações já em desenvolvimento que buscam estancar o desmatamento na região, diminuir os conflitos e promover o uso sustentável dos recursos florestais". Afirma também que foi embasado em novos estudos do ICMBio. "A criação da APA do Jamanxim tem por objetivo a proteção da diversidade biológica, disciplinamento do processo de ocupação da região, fomento ao manejo florestal sustentável e a conservação dos recursos hídricos. Estabelecida nas áreas de maior ocupação da Flona do Jamanxim, a APA poderá permitir a regularização fundiária destas áreas. A área da Flona por sua vez, passará a atender os objetivos que motivaram sua criação, voltados para o manejo florestal sustentável, inviabilizados em função do conflito instalado", continua a nota. Nas últimas duas semanas, proprietários de terra da região no entorno de Jamanxim vinham promovendo bloqueios da BR-163, que liga Cuiabá a Santarém, pedindo a apresentação do PL. A promessa de PL tinha sido feita pelo próprio ministro Sarney Filho, em vídeo em que aparecia ao lado do senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA), na véspera do veto de Temer, de 19 de junho. No vídeo, Sarney Filho anunciava que a MP seria vetada, mas que um projeto de lei seria enviado ao Congresso nos mesmos termos. Dias depois, porém, ele disse que foi mal interpretado, que o PL só seria enviado após parecer técnico do ICMBio, órgão responsável por gerir as unidades de conservação federais. O recuo ocorreu na sequência do anúncio por parte da Noruega de que o país vai reduzir seu financiamento ao Fundo Amazônia por conta do aumento de 60% no desmatamento da Amazônia nos últimos dois anos. Na madrugada de sexta passada, um caminhão-cegonha com oito novas viaturas que seriam entregues ao Ibama, foi incendiado na BR-163, no que foi visto como um atentado ao Estado em protesto contra os vetos. E ao longo da semana os protestos continuaram. Na ocasião, o deputado José Benito Priante (PMDB-PA), que foi relator da MP 756 no Congresso, disse que a falta do PL causou incerteza e insatisfação na região. "Havia uma expectativa muito forte de que viria o PL com os limites para que pudéssemos votar. Mas o que chegou foi muito helicóptero e carro do Ibama na região", afirmou ao Estado na sexta passada.

Terapias alternativas reduzem impacto do tratamento de câncer para pacientes e famílias

por Renata Farias
O diagnóstico de câncer, assim como seu tratamento, atinge diretamente os pacientes e suas famílias de diversas formas. Na tentativa de reduzir alguns dos impactos, é possível utilizar terapias alternativas como complemento dos tratamentos tradicionais. Entre estas opções, que fazem parte da medicina integrativa, estão ioga, meditação, acupuntura, pilates, musicoterapia e reiki, explicou a oncologista Renata Cangussu. Ela estará à frente, na próxima terça-feira (18), do 5º Workshop de Terapias Complementares, realizado pelo Núcleo de Oncologia da Bahia (NOB). "Todo tratamento oncológico, desde o diagnóstico do câncer, causa impacto emocional muito grande ao paciente e toda a família. Costumam vir junto ao diagnóstico tristeza, depressão, entre outros sintomas. Como ajudam no controle de estresse e sintomas relacionados ao tratamento e à doença, essas terapias vão melhorar o bem estar e autoestima do paciente e, consequentemente, a qualidade de vida", pontuou em entrevista ao Bahia Notícias. De acordo com a especialista, cada terapia tem seus benefícios. Enquanto a ioga e meditação ajudam a reduzir o estresse e melhoram a qualidade de sono, o pilates ajuda no controle das dores articulares causadas pelos tratamentos, além de melhorar a força muscular. As terapias podem até mesmo ser utilizadas como estratégia de prevenção do câncer, já que alguns desses sintomas podem aumentar o risco de câncer. O workshop acontece a partir das 14h, no auditório da sede do NOB, em Ondina. O acesso é gratuito, com inscrições por meio do telefone (71) 4009-7059 ou e-mail comunicacao@nob-ba.com.br.

Juazeiro, Canudos e Uauá serão locais de gravação de novela

Três cidades baianas farão parte das gravações da nova novela das 23h da Rede Globo. Juazeiro, Canudos e Uauá, que ficam no Sertão do São Francisco, foram os locais escolhidos para as locações da produção, que deve ir ao ar abril do ano que vem. Segundo o colunista Ronaldo Jacobina, do Correio, as cidades terão as paisagens áridas mostradas no folhetim cuja direção ficará por conta de José Luiz Villamarim. A trama será contemporânea, ambientada no sertão nordestino. Além da Bahia, haverá locações também em Alagoas e Pernambuco. As gravações começam em outubro próximo e seguem até março de 2018. Estão cotados para os papéis principais os atores Fábio Assunção e Adriana Esteves (com quem Villamarim trabalhou na série Justiça).

segunda-feira, 10 de julho de 2017

Aparelho que assume funções do pâncreas chega ao Brasil

O número de brasileiros diagnosticados com diabetes cresceu 61,8% nos últimos 10 anos, de acordo com dados recentes do  Ministério da Saúde. Significa que 8,9% da população sofre da doença — eram  5,5%  em 2006. Ao todo, estima-se que há mais de 14 milhões de homens e mulheres vivendo com diabetes e, a cada ano, surgem 60 mil novos casos no país.   Assegurar que os níveis de glicose no sangue estejam sempre adequados é um desafio para a maioria desses pacientes. A  hipoglicemia (queda drástica destas taxas de açúcar no sangue), por exemplo, pode levar à perda de consciência, convulsões e, em casos mais graves, ao óbito. A boa notícia é que agora eles poderão contar com uma novidade: a primeira bomba de infusão de insulina (equipamento computadorizado e portátil), com liberação contínua do hormônio em pacientes diabéticos que, pela primeira vez, é capaz de suspender o hormônio antes do episódio de hipoglicemia– evitando, assim, até 75% destes casos.  “Qualquer paciente com diabetes tipo 1 pode vivenciar, a cada ano, de 30 a 50 episódios de hipoglicemia. Antes de chegar nesta situação, o sistema desliga e evita que ele corra este risco. É inovador”, aponta Denise Franco, endocrinologista e diretora coordenadora do departamento de educação da Associação Diabetes Brasil (ADJ). De tamanho de um celular, o aparelho é o primeiro no país a, automaticamente, suspender a infusão de insulina quando prevê uma crise de hipoglicemia e a reiniciar a administração do hormônio quando a taxa de glicose volta a atingir um nível seguro.  “Sem dúvida é um passo à frente para um dia chegarmos no caminho do pâncreas artificial”, observa Freddy Eliaschewitz, endocrinologista. Já existem bombas de insulina no Brasil. Essa, no entanto, é a primeira de circuito fechado, ou seja: o glicosímetro (que mede o nível de glicose, ou açúcar no sangue) e a bomba de insulina (que libera a insulina na corrente sanguínea) estão no mesmo sistema e se “comunicam”. O glicosímetro avisa a bomba de insulina o quanto de insulina o corpo está precisando, ou se é necessário interromper a entrega da mesma, evitando o episódio de hipoglicemia (queda de açúcar no sangue), que pode causar desmaios, coma e até levar a óbito.
Dispositivo:  Fabricado pela irlandesa Medtronic, a bomba MiniMed 640G libera insulina através de um pequeno tubo e uma cânula (conhecidos como conjunto de infusão), colocada sob a pele do paciente. Com uma espécie de dispositivo inovador, o sistema imita a forma como um pâncreas saudável fornece insulina ao corpo.  Com base nos valores de glicose enviados pelo sensor a cada cinco minutos,durant 24 horas por dia, a tecnologia SmartGuard do sistema MiniMed640 consegue prever, com 30 minutos de antecedência, quando o nível de glicose do paciente estará próximo do limite mínimo e, assim, interrompe automaticamente a administração de insulina.  Totalmente personalizável, o novo dispositivo possibilita ao paciente configurar múltiplos limites ao longo do dia, de acordo com suas necessidades individuais, proporcionando conforto e mais proteção contra a hipoglicemia. Quando o nível de glicose no sangue diminui ou aumenta fora dos parâmetros, um alarme de advertência é ativado.  “Nós desenvolvemos esse sistema baseado em quantidades de pesquisa e feedback da comunidade global de diabetes, que está buscando tecnologias mais simples e convenientes, que ajudem a alcançar melhor controle da glicose e a obter mais liberdade”, diz Alejandro Galindo, vice-presidente e gerente geral do negócio de Gerenciamento Intensivo de Insulina da fabricante.  Pessoas de todas as idades com diabetes de tipo 1 ou tipo 2 podem usar a bomba de infusão de insulina. No entanto, um médico deve aconselhar sobre o melhor tratamento para cada paciente.  O Brasil é o terceiro país da América Latina, além do México e Colômbia, a disponibilizar a tecnologia.

Grávidas dançando Despacito para ajudar na dilatação

Prefeitura lança edital da 3ª Mostra de Filmes Educa 7 Minutos



A Prefeitura Municipal de Lauro de Freitas lançou o edital da 3ª Mostra de Filmes Educa 7 Minutos. A Mostra tem como objetivo estimular, fomentar e divulgar produções cinematográficas de curta duração de produção de estudantes e jovens.
Para participar o candidato deve ter entre 12 e 29 anos e morar em Lauro de Freitas. Os participantes podem ou não estar matriculados no Ensino Fundamental I a partir da 5ª série, Fundamental II e Ensino Médio.
Os filmes devem ter no máximo 7 minutos de duração, e cada grupo escolar pode escrever até três propostas de filmes inéditas, devendo contar com a participação obrigatória de um Professor(a) / Monitor(a) que deve participar das oficinas formativas específicas para a produção dos vídeos.
Os interessados já podem realizar a inscrição que segue aberta até o dia 5 de agosto de 2017 e devem ser realizadas no Centro de Formação Profissional (CEFOC), localizado na Rua Arnaldo Sales, nº 136, Itinga. 
O lançamento oficial do edital acontecerá na próxima terça-feira (11), no Cine Teatro da Cidade. 

Fonte: DOM 

Marinha emite alerta de mau tempo; ondas chegam a 4,5 metros em Salvador

A Marinha do Brasil (MB), por meio do Comando do 2º Distrito Naval (Com2ºDN) emitiu na manhã desta segunda-feira (10) diversos avisos de mau tempo para algumas áreas da região Nordeste. No trecho entre Caravelas, no extremo sul da Bahia e Salvador, há previsão de mar grosso, ondas de até 4 metros até às 9h da próxima quarta (12). Entre Salvador e Natal (RN), o alerta foi de mar muito grosso, com ondas de até 4,5 metros até as 21h da quarta (12). Nas duas áreas (entre Caravelas e Natal), também serão ventos fortes, com rajadas de 61 km/h até as 9h desta terça-feira (11). Já na zona litorânea entre Vitória (ES) e Ilhéus, no sul da Bahia, está prevista ressaca, com ondas de até 2,5 metros até as 9h desta terça-feira (11). Entre Ilhéus e Touros (RN), a ressaca dura até as 9h da próxima quarta-feira (12), com ondas que atingem até 3 metros. 

Artistas lançam site para pressionar deputados pela denúncia contra Michel Temer

Um grupo de artistas lançou nesta segunda-feira (10) um site para pressionar os deputados federais a votarem a favor da admissibilidade da denúncia contra o presidente Michel Temer pelo crime de corrupção passiva. A página indica a intenção de voto de cada parlamentar e exibe os contatos de cada um deles, como e-mail, telefone do gabinete e páginas nas redes sociais. Os artistas lideram um movimento batizado de #342, em referência ao número de apoios necessários para que a denúncia contra o presidente seja apreciada pelo plenário do Supremo Tribunal Federal (STF). Na semana passada, eles já haviam se mobilizado para pressionar o relator da denúncia contra Temer na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara. Artistas como Valesca Popozuda, Aline Moraes, Paula Lavigne, Caetano Veloso, Fernanda Lima e Letícia Sabatella, publicaram imagens com a hashtag #ZveiterEstouDeOlhoEmVoce.

Ilhéus: Após parto, mulher relata que um dos seus bebês desapareceu em maternidade

por Ana Cely Lopes
Uma mulher que teria dado luz à gêmeos em 24 de junho, afirma que um dos bebês desapareceu em uma maternidade de Ilhéus, região sul do estado. Dona de casa, Cleidiane Silva dos Santos, relatou à delegada substituta Andrea Oliveira, que as ultrassonografias realizadas durante a gravidez, inclusive a última feita no dia 03 de junho, confirmavam que ela tinha gêmeos. Quando ela deu entrada na Maternidade Santa Helena, anexo ao Hospital São José para realizar o parto, uma enfermeira teria avaliado e informado que estava tudo bem com os gêmeos. "Ela falou bem assim: os dois está (sic) bem, porque ela já tinha olhado no negócio [ultrassonografia] que eram dois gêmeos. Ela falou 'tá bem' (sic). Aí ela mandou tomar um banho e ela mandou ir para a sala de parto", afirmou a mãe ao G1. No momento da cesárea, Cleidiane relata ter passado mal e caído no sono. "Eles chegaram com uma criança, ainda no outro dia, porque o neném ficou cá embaixo, no berçário. Eu falei: cadê o outro? Aí ele falou bem assim: 'mas só tinha um'. Eu falei não, porque eu vim para a maternidade para ganhar dois e eu estou aqui com o ultrassom, e eu escutei o coração dos dois lá embaixo, e ela [a enfermeira] falou que os dois estava (sic) bem. E como é que vocês aparecem aqui com uma criança só?", disse. O caso está sendo investigado pela Delegacia Territorial de Ilhéus. "Estamos apurando se a ultrassonografia está errada e ela só tinha um bebê ou se o sumiço ocorreu na maternidade", informou Andréa Oliveira. Segundo a titular, a polícia solicitou o prontuário, o nome completo da equipe que atendeu Cleidiane e já entrou em contato o médico que fez o ultrassom em que constavam os dois bebês. "Chamaremos todos para depor. Entramos em contato com o diretor do hospital, mas até agora estamos aguardando resposta", disse. Apesar de o parto ter ocorrido no dia 24, Cleidiane só conseguiu ir à delegacia realizar a queixa na primeira semana de julho. "Ela foi à maternidade ter a criança sozinha, o pai do bebe bebê está preso, ela não tem auxílio dos familiares. Como teve uma complicação no parto ela passou uma semana internada e diz só ter conseguido vir agora", falou. Abalada, Cleidiane explicou ao G1 que está com sentimento "De revolta e de tristeza, porque eu não posso fazer nada".

quinta-feira, 6 de julho de 2017

Secretaria da Juventude de Lauro de Freitas comemora o dia Internacional do Orgulho LGBT

No dia 28 de Junho foi comemorado O DIA INTERNACIONAL DO ORGULHO LGBT. Mas devido o recesso das Festas Juninas, a Secretaria da Juventude, através do Departamento LGBT de Lauro de Freitas estará comemorando no dia 07 de Julho, nessa sexta feira na Praça do Índio no Centro de Lauro de Freitas, o evento que irá colorir e agitar o Centro da Cidade com Entretenimentos e muitas musica para todos se divertirem. 
Vamos aproveitar e prestigiar os nossos artistas locais com shows de Transformismos, Dança e curtir ao som do DJ JONH VICTOR com os maiores sucessos da música Pop Nacional e Internacional da atualidade.

Venham todos Participar do nosso MOMENTO CHURRIA e deixar gravado na memora esse dia que trará muito orgulho para todos nós.

Quando: 07 de Julho
Local: Praça do Índio (Centro de Lauro de Freitas) 
Horário: A partir das 17 horas

terça-feira, 4 de julho de 2017

Limpurb remove 10 toneladas de areia na Orla de Ipitanga

Após fortes ventos nos últimos dias em Salvador, com média de 8 km/h,a Empresa de Limpeza Urbana (Limpurb) removeu, nesta terça-feira (04), cerca de 10 toneladas de areia que invadiu a Orla de Ipitanga. 
A ação começou pela manhã, e já foi finalizada, deixando as vias públicas livres do material. Outros bairros como Itapuã, Piatã e Patamares também são contemplados com a operação diariamente. 

Em penitenciária, Geddel corta cabelo e divide cela com outros nove presos

No Complexo Penitenciário da Papuda, no Distrito Federal, o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) divide a cela com outros nove presos. No local desde a terça-feira (4) após ser transferido da Superintendência da Polícia Federal, em Brasília, o peemedebista já teve o cabelo cortado.
A cela de Geddel, segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP) do DF, tem capacidade para comportar 12 pessoas.
O ex-ministro está no mesmo presídio que Lucio Bolonha Funaro, apontado pelas investigações como operador de Eduardo cunha, ex-presidente da Câmara dos Deputados. Segundo as investigações, Geddel teria sondado a mulher de Funaro sobre uma possível delação, o que foi entendido pela Polícia Federal como um ato para atrapalhar a apuração. Geddel e Funaro, no entanto, estão em locais separados, nas alas A e B, respectivamente.
Acomodações
Na cela, que fica na ala para presos que possuem nível superior, há quatro treliches, chuveiro frio e um espaço para necessidades fisiológicas.
Metro 1

'Teatro Sim': Artistas fazem mobilização contra 'desmonte' da Cultura




por Jamile Amine
Desde a noite desta segunda-feira (3), em contraposição ao que consideram o desmonte da Cultura – pasta que durante a gestão de Michel Temer foi abandonada por três ministros (clique aqui e saiba mais) -, diversos artistas têm se mobilizado através de uma campanha nas redes sociais vinculada à hashtag #TeatroSim. Liderada por Marcos Caruso, Mateus Solano, Miguel Thiré e o produtor Carlos Grun, a mobilização tem a adesão de nomes como os atores baianos Lázaro Ramos e Ana Paula Bouzas; além de Deborah Secco, Nizo Neto, Alessandra Maestrini, Maria Fernanda Cândido, Leandra Leal, Leoni, Zeca Pagodinho, Leticia Spiller, Preta Gil e o dramaturgo Walcyr Carrasco. “Nos últimos dias, depois da notícia do fechamento de mais um teatro no Rio de Janeiro, a situação caótica em que a cultura carioca se encontra vem sendo discutida em diversos grupos virtuais e presenciais. Uma grande mobilização por parte da classe artística, encabeçada por Marcos Caruso, Mateus Solano, Miguel Thiré e o produtor Carlos Grun, está acontecendo, e a nossa voz será ouvida se gritarmos todos juntos. Sem interesses políticos, sem assinaturas, esse movimento não tem dono e não tem limites. É um grito de ‘SIM, ESTAMOS AQUI!’. A mensagem em meio ao caos deve ser positiva, por isso a hashtag foi escolhida pela maioria de nós, com esse intuito”, compartilhou Leticia Spiller, endossada por Lázaro Ramos: “Sim, estamos aqui! Sim, teatro é potência! Sim, queremos teatro como público e como profissionais das artes.  #TeatroSIM”. Nesta quarta-feira (4), atores, produtores, técnicos, pesquisadores, autores, diretores de teatro, além de representantes de outros gêneros artísticos, programam um cortejo do bairro de Botafogo em direção à sede da Prefeitura, que recentemente anunciou que deixaria de pagar R$ 25 milhões aos projetos contemplados pelo Programa de Fomento às Artes 2016, principal financiador da cultura na cidade.

MAIS VISTAS DA SEMANA

Postagens populares